Garotas de Programa: os Tipos de Clientes

1 vote

Você já se perguntou sobre garotas de programa: os tipos de clientes? Quais são eles, se possuem perfil parecido ou como funciona?

Caso isso ainda não tenha passado pela sua cabeça, mas a dúvida tenha surgido agora, é a hora de saber mais sobre o assunto. Porém, se a sua ideia for focar mais nas garotas de programa e suas especificidades e não apenas nos clientes, esse conteúdo é o ideal para você.

Vale ressaltar que esse é um trabalho que independe de muita coisa, acontece sempre. Tanto faz a previsão do tempo ou a economia do país. Se há uma coisa que os clientes de modo geral não abrem mão é dos seus encontros com essas garotas.

Agora, o mais importante é o entendimento de que, por mais que nesse momento, sejam listados os tipos de clientes delas, nem de longe conseguiríamos listar todos eles ou ainda, tudo sobre. Isso devido ao fato de cada garota de programa possuir clientes diferentes das outras pessoas.

Não há como definir exatamente um perfil e dizer que todas elas atendem a clientes exclusivamente assim. Várias delas foram ouvidas e o que mais se ouviu será trazido.

Portanto, caso você seja uma garota de programa e pense: mas o meu cliente não está inserido ali, é porque seria impossível ouvir todas elas e assim falar sobre esses tipos de clientes mais detalhados. Nada impede de você deixar o seu comentário nos contando um pouco deste perfil e de suas experiências. Vamos para a parte dos clientes?

Garotas de programa: os tipos de clientes, quais são?

O primeiro deles, que será aqui citado é o cliente de poder. Este, são os clientes que realmente tem dinheiro. Costumam ter um grande cargo na empresa e assim, automaticamente acaba sendo bem conhecido e sociável. Não economiza quanto a sua garota de programa, caso tenha uma preferida.

Inclusive será esse cara que vai banca-lo, caso se encante e queira mantê-la só para ele. Celebridades se encaixam nesse perfil. Além de esse cliente ter muito dinheiro, gosta muita da ideia sempre de dizer o quanto ter. E isso faz com que, muitas vezes, ele queira que ela seja submissa e aceite tudo o que lhe é imposto, justamente porque ele está pagando por isso.

Fonte: reprodução/pornpics

Com relação às garotas de programa: os tipos de clientes, existe uma divisão muito grande com relação a gostar ou não desse tipo de cliente. Algumas até gostam, porque eles pagam mesmo, independente de quanto elas cobrem.

É claro que varia. Há os mãos de vaca, assim como em qualquer outra situação. Porém, existem as garotas de programa que simplesmente não aceitam e se negam a sair com os clientes de poder, quando esses são estúpidos ou as tratam mal. Estas relatam que a profissão por si só já é bem difícil, para que as coisas se tornem ainda mais com esse tipo de cliente.

Agora, para quem se interessou na ideia do cliente de poder, no PornHub há muitos conteúdos em que é possível ver garotas na prática com homens nesse perfil.

Só para finalizar o perfil desse cliente, alguns deles pedem para ser dominados por elas. Já que, o resto da vida deles, passam dominando.

Segundo tipo de cliente: aquele baladeiro

Outro tipo de cliente bem comum é aquele baladeiro. É claro que ele estaria na lista das garotas de programa: os tipos de clientes. O que a maioria delas relata é que, na verdade, os seus clientes procuram nas garotas de programa e na questão sexual, o que não fazem ou não tem na vida real. É como se elas fossem uma forma de eles fugirem daquilo.

Como normalmente com as garotas que eles transam depois das baladas acontece muito pouco sexo e de forma razoavelmente intensa, na hora de pagarem por uma garota de programa querem sexo de verdade, frenético. E, após ele, talvez um pouco de carinho e pronto.

Este cliente precisa, na hora do sexo, sentir-se bem, homem de verdade, dominador. E é nesse momento que ele consegue o que? Exatamente isso.

Eles também costumam estar dispostos para pagar o quanto for, principalmente se a garota de programa se dispor a fazer as coisas mais imprevisíveis. Esse é o tipo que mais falará: “se eu pagar tanto, você faz isso?”. E quando elas falam que sim, eles piram. Você acha que ligam para valores? Nunca. Assim, as garotas de programa vão ganhando cada vez mais dinheiro.

Para eles é como se tivesse um limite e eles quisessem o tempo todo ultrapassá-lo, esse é o objetivo. Quando conseguem, é o auge do orgasmo.

O que mais gostam de ouvir é que elas nunca viram um cara tão gato e nem que transasse desse jeito. Afinal, é como eles se veem, homens incríveis e que conseguem tudo com dinheiro.

Garotas de programa: os tipos de clientes que sentem-se culpados

Esse é um dos clientes mais comuns. Ele marca o programa e quando chega na hora, pede para parar, vai embora ou qualquer outra coisa, porque se sentiu culpado pelo que está fazendo.

Fonte: reprodução/pornpics

Algumas vezes o programa até é concluído, mas depois, ele fica com tanto remorso, que acaba sobrando até para a garota de programa. Ou ainda, durante o sexo, não consegue se divertir ou aproveitar por causa da sua mente, que não está ali.

Isso porque, ele é casado ou namora. Na maioria dos casos, é casado já faz muito tempo. E, isso faz com que, apesar do relacionamento que tenha com a sua companheira possa ser bom em diversos aspectos, o sexo não acontece mais.

Então, a contratação da garota de programa tem esse intuito: o de proporcionar prazer sexual. Porém, como já dito, a esposa ou companheira é boa para ele em muitas coisas e assim, o remorso acaba sendo bem grande. Inclusive no sentido de pensar sobre querer que ninguém saiba sobre o momento.

Esse cliente, quando chega no lugar do encontro, fica neurótico, com medo de alguém descobrir e acabar com o seu casamento.

Ele muitas vezes nem faz nada com a garota de programa e não se importa em pagar pelo combinado. Afinal, as coisas não aconteceram porque ele não conseguiu, ou fazer ou aproveitar direito.

E a garota de programa apenas conversando e o aconselhando. Assim as coisas vão acontecendo, de forma que, dificilmente um cara desse marca encontro novamente. Costuma ser aquele que volta para casa e tenta conversar com a esposa sobre sexo. Ou procurar uma forma que não envolva traição, como vídeos.

O cliente que acha que vai tirá-la dessa vida

É claro que isso não é impossível. Ela pode sim se apaixonar e largar tudo para viver com o cara. Porém, se todo cliente pensar isso, vai faltar garotas de programa. Além do que, isso é bem raro. Porque além do amor, outra questão precisa acontecer. Ela precisa acreditar que, financeiramente, isso será vantajoso também. Ou esquece, não aceitará.

Acaba sendo algo muito mais comum, por exemplo, no caso das acompanhantes de luxo. Como muitos homens, principalmente bem sucedidos, querem mostrar aos outras garotas lindas e saradas, bancam as acompanhantes e assim, as mantem só para eles.

Mas, deixa os clientes fantasiarem, não é mesmo? Que é o que ocorre nesse tipo de situação. Esses clientes acabam se encantando de uma forma um pouco mais intensa pela garota de programa e assim, prometem tirá-la desse mundo e a tê-la de forma individual. Elas, acabam alimentando essa fantasia, já que sabem ser mais um fetiche do que outra coisa.

Criam, inclusive, possibilidades de outras profissões para elas, assim podendo ter uma vida considerada normal. Como se elas não amassem fazer programa e ganhar muito com isso.

Por que elas alimentam essas expectativas? Principalmente porque não tem nada a perder. É muito mais uma questão de que, quanto mais eles ficarem loucos nelas, mais programas marcarão e elas estarão lucrando com isso. Então, tanto faz.

Garotas de programa: os tipos de clientes que casarão em breve e os que não ficam de pau duro

Esse é o cliente bem característico. Porque ele procura a garota de programa com uma intenção específica: fazer a sua despedida de solteiro.

Nem sempre ele vai sozinho. Costuma contratar duas garotas de programa e assim, levam o padrinho também para esse momento.

É engraçado porque esses costumam ser os caras mais apaixonados pelas noivas. Querem apenas um momento para relaxar, como se fosse uma última vez com alguém antes de casar, sem ser ela.

Alguns chegam a falar sobre a noiva o tempo todo. É realmente apenas uma forma de diversão. Sim, as noivas quase nunca ficam sabendo. Até porque, se soubessem, o que pensariam, certo?

Uma coisa é a contratação de uma stripper, que faz um tipo de trabalho e não necessariamente possui contato físico e sexual. Outra bem diferente envolve sexo e garotas de programa. Isso, é claro, na lógica feminina.

Quanto aos que não ficam de pau duro, esses acabam sempre sendo um problema. Porque como eles não chegam lá com relação ao orgasmo, acham que possuem o direito de pedir o dinheiro de volta. E não é assim que as coisas funcionam.

As garotas de programa ficam indignadas com esse tipo de cara. Muitos não ficam de pau duro porque ficam nervosos, já que não estão habituados com a ideia de transar com uma pessoa tão experiente.

Mas, elas deixam muito claro que, isso não é problema delas, eles que se entendam com o seu pênis, porque o valor terá que ser pago e pronto. Tanto que, muitas delas cobram com antecedência justamente por isso. Para terem certeza de que nada vai incomodar.

O virgem ou o que não transa faz muito tempo

Quando o cara é virgem, porque sim, com os homens essa questão acaba pegando bem mais, faz muito tempo, e ele está lá com seus vinte anos e nada aconteceu que pudesse mudar isso, as coisas começam a complicar. Então, ele mesmo, seus amigos ou até seu pai contratam uma garota de programa para dar um jeito nessa virgindade e ele não passar mais vergonha com os amigos.

Inclusive, existem muito mais garotos que perdem a virgindade com prostitutas do que as pessoas podem imaginar. Esses costumam inclusive irem com os amigos até as garotas. Esperam que o sexo acabe e depois, comemoram muito pelo momento. Já o que não transa faz muito tempo, pode por exemplo, ter terminado um relacionado ou sua esposa morrido. Então, ficaram um tempo sem porque precisavam.

Nesse caso se encontram homens que são casados e no relacionamento, não há sexo. Eles podem ter passados meses e até anos sem absolutamente nada relacionado ao sexo. Mais uma vez é importante lembrar que, isso não significa que não amam as esposas. Muito pelo contrário. Só não se entendem mais no sentido sexual. Na maioria das vezes já conversaram muito sobre e não adiantou.

Últimos tipos de clientes

Há ainda alguns tipos de clientes que não citamos. O emocional é o que só quer atenção. Sexo para ele, não é importante. Ele tem lá os seus cinquenta e poucos anos e costuma se sentir solitário. Vale para os separados, até os casados. Aqueles que sentem falta da esposa porque viajam muito. Enfim, não estão bem emocionalmente e por isso, querem a companhia de uma mulher que não os questione de nada, apenas o ouça. Acabam virando amigos das garotas de programa.

Já o sombrio é aquele que quer realizar coisas mais complexas. Ele acaba sendo quase perverso quando o assunto é sexo. Muito comum com clientes bem jovens. Ou mais velhos, que adoram fantasias com garotas novinhas.

Por último, o perfil é de um homem que está descobrindo se é ou não bi. Por isso, ele contrata a garota para ver o que sente com relação a ela e assim, poder descobrir se é homem mesmo ou não.

Leia mais assuntos relacionados:

Relacionados

Deixe seu comentário

Copyright © 2009 - 2020 - Papo Quente. Todos os direitos reservados. - contato