Papo Quente - Fantasias, Fetiches e Taras Eróticas
Colabore, sugira uma matéria!Envie

Sex Workers: um trabalho diferente!

3 votes

Para quem ainda não acompanha/sabe, as sex workers possuem um trabalho tão digno quanto qualquer outro. Mas, sim, ainda sofrem bastante preconceito, assim como todo mundo que hoje trabalho com qualquer coisa relacionada à pornografia.
No caso delas, são pagas para dar prazer aos homens através de realização de fetiches. Algumas vezes elas são submissas, outras eles. Claro, aqueles que gostam dessa ideia.

Fonte: XnXX/Reprodução

O problema de muitas sex workers, segundo elas, é que elas acabam tendo dificuldades para divulgarem seu trabalho. Muitas afirmam que, chegaram a ter perfis no Instagram, por exemplo, mas, suas contas foram excluídas por conta do estilo de conteúdo que traziam: pornografia. A sociedade ainda acaba sendo um pouco conservadora, mesmo que muitas dessas pessoas que criticam, também consomem pornografia. O Twitter é uma das únicas redes atuais em que, há conteúdos pornográficos compartilhados livremente, que dão resultado e não são excluídos.

Diversas sex workers trabalham no ramo, de forma variada. Para se ter uma ideia, há quem tenha os clientes fixos e só atenda eles no mês. Assim como, há quem a cada tempo renove seus clientes. Mas, de modo geral, todas elas afirmam que, sim, a pandemia aumentou/expandiu os negócios. Isso porque, mesmo quem não era ligado à pornografia, passou a acessar após ser obrigado a estar mais tempo em casa.

 E como a comunicação entre sex workers e cliente têm acontecido?

Pelo celular. As ferramentas/aplicativos variam. Muitas delas trabalham enviando áudio. E então, cobram pelo tempo de áudio que fazem. Outras, optam por marcar determinados horários com os clientes e fazer uma espécie de vídeo chamada. Há ainda os que contratem vídeos das sex workers, em que, estas façam determinadas poses/ações e falem o nome deles, por exemplo.

A ideia é que realmente práticas relacionadas ao BDSM, Bondage, Dominação, Submissão e Masoquismo, sejam colocadas em prática. E claro, nem sempre é feito aquilo que as sex workers querem, já que elas são contratadas para satisfazerem e não necessariamente para ter satisfação.

Em uma entrevista com elas, muitas afirmam que inclusive namoram e que os namorados não ligam que elas trabalhem dessa forma. Até pelo fato de não terem contato físico com o cliente. Inclusive, uma delas comentou que o namorado não só aceita, como apoia e auxilia. Ele disse que, ela tem um cliente que gosta da ideia de ver o casal transando, desde que ela fale o nome dele e não do namorado. Então, eles gravam e acabam unindo o útil ao agradável.

sex workers

Fonte: Fiverr/Reprodução

Outra sex workers comentou que, ela é paga para ver uma foto do pau de seu cliente e opinar sobre ele. É basicamente isso, ele manda, ela analisa e manda um áudio comentando. É claro que, como ela sabe que esse é o prazer deles, ouvi-la, ela capricha quanto a isso, ao que fala. Até pelo fato de que, aos poucos, os clientes vão sendo conhecidos também. O gosto de cada um, o que querem ouvir e assim por diante.

O que elas dizem sobre a profissão?

Algumas comentam que sentem orgulho do que fazem, já que é uma profissão como qualquer outra. Porém, há também as que nem chegaram a contar aos seus pais sobre isso, por medo daquilo que achariam e do como poderiam ser julgadas. Então, o que elas acham sobre, varia bastante.

Muitas comentam que, as coisas que elas ouvem, ou seja, que os clientes pedem, às vezes as fazem parecer garotas de programa e nem sempre sentem-se à vontade com os pedidos. Porém, cobram um valor mais alto e executam o pedido. Uma comentou, por exemplo, que já pediram vídeo dela se masturbando. Nesse caso, o valor é bem acima do que costuma cobrar. E, quando o cliente não pede que cite o nome dele, o mesmo material pode ser usado para outros envios.

A maioria das sex workers afirma trabalhar praticamente o dia todo com isso, já que, os valores são bem menores do que de quem faz programa, por exemplo. Então, a quantidade de trabalho acaba sendo bem maior, para que assim, se torne rentável.

Algumas afirmam inclusive que conseguem se satisfazer sexualmente com a profissão, sendo que antes, não sentiam-se bem consigo mesmas e com o corpo.

E sobre boquete: opinião dos dois? Quer saber mais?

Relacionados

Deixe seu comentário

SITES PREMIUM
sites porno
Os profanos
videos porno
Filmes Porno
xvídeos
contos eroticos
Xvideos
Xvideo
Porno
Copyright © 2009 - 2020 - Papo Quente. Todos os direitos reservados.