Papo Quente - Entretenimento adulto
Colabore, sugira uma matéria!Envie

Estigmatofilia: Fetiche por modificações corporais

1 vote

Estigmatofilia: Você conhece essa palavra? Calma! Não é nenhuma doença nova que surgiu, se trata de um fetiche bastante comum e você pode até fazer parte do grupo de pessoas que curtem essa prática.

Estigmatofilia

Fonte: Reprodução/pornpics.com

Nos tempos atuais é muito comum vermos pessoas com corpos modificados e não estamos falando de plásticas, mas sim, de tatuagens, piercings e outras modificações. Estigmatofilia é a atração por essas pessoas.

Existem alguns que só conseguem manter um relacionamento com pessoas tatuadas e outros vão mais além e gostam de transformações mais intensas, como tatuagem ocular, próteses, entre outras. Vamos falar mais um pouco sobre esse assunto e tirar todas as dúvidas.

Tatuagens e Piercings: O desejo de muitos

estigmatofilia

Fonte: Reprodução/pornpics.com

As perfurações corporais e tatuagens são muito antigos, remontam desde o início da humanidade, quando algumas tribos tinham a cultura dessa prática. Os Maias, por exemplo, tinham o costume de furar as orelhas, lábios, nariz e outras partes para mostrar seu status. Quanto mais modificações, maior o status dos integrantes desse povo.

Fonte: Reprodução/pornpics.com

Em Roma antiga, os centuriões usavam brincos nos mamilos como sinal de sua coragem e virilidade. Os egípcios furavam o umbigo como sinal de distinção, assim como os polinésios que sempre foram adeptos de modificações, tatuando o corpo como sinal de riqueza e força. Alguns acreditam que as modificações corporais vêm acompanhando a humanidade há mais de mil anos.

Porque alguns gostam de pessoas modificadas?

Assim como na antiguidade, o uso de tatuagens e modificações corporais é uma forma de expressar a própria identidade, além de causar a sensação de imponência, força e sensualidade aos olhos de alguns. Cientistas já tentaram explicar algumas vezes essa preferência. Um estudo feito por uma empresa dona de um aplicativo de encontros, a “Type” pesquisou entre seus usuários e descobriu que 64% das mulheres preferem um homem tatuado.

Para essas mulheres, a tatuagem em um homem passa a impressão de vigor e masculinidade, uma característica fundamental para muitas delas. Outras pesquisas feitas ao longo do tempo chegaram a uma mesma conclusão com relação a algumas modificações corporais. Segundo os estudiosos, o fato de ter modificações corporais, é um sinal de maior autoestima, além de segurança na hora de decidir sobre algo.

Mesmo com esses dados, ainda existe uma grande parcela da população que associa o fato de modificações corporais com exposição a situações de risco a saúde. Muitos homens também tem a visão deturpada de que mulheres com corpos modificados são mais sexualmente disponíveis.

Parafilia ou Fetichismo?

Fonte: Reprodução/pornpics.com

Para alguns especialistas, a estigmatofilia é considerada uma parafilia, ou seja, quando o desejo sexual envolve objetos ou situações fora do comum. Na opinião de outros se trata de um simples fetichismo, como pessoas que curtem pés ou peitos grandes.

Para encontrar a definição perfeita é necessário saber se o indivíduo sente atração somente por tatuagens e outras modificações. Deve ser levado em conta se elas não são necessárias para o prazer sexual de cada um deles.

Apesar de existir certa resistência para com essas pessoas, o número daqueles que modificam seus corpos é crescente, portanto, se você sente atração por pessoas com essas particularidades, pode se considerar alguém com a vida sexual completamente normal.

Veja também: 10 tipos de fetiche nada comuns

Relacionados

Deixe seu comentário

SITES PARCEIROS
os profanos

Todas as imagens deste site foram retirados da própria internet. Caso deseje remover alguma imagem que seja de sua autoria ou que viole sua privacidade entre contato conosco que faremos a retirada imediata.

Copyright © 2009 - 2021 - Papo Quente